(Des) aprender

Reprodução/Tumblr

E como dói gostar de você
Dói ver o carinho de outrém
Na nuca que é só minha
Ver seus olhos em outros olhos
Quando eles deviam apenas pousar nos meus

Dói saber que aquele sorriso que tanto gosto
Se abre para qualquer pessoa
Que o ombro que tanto deito
É refúgio para outras lágrimas
Que esse rosto de menino-homem
É afagado por mãos que não as minhas

Mas, se, mesmo assim, aprendi a te amar
Posso desaprender
Se hoje te quero tanto
Posso um dia não mais querer
Se penso em você ao acordar
Posso ir dormir sem nem sequer lembrar
De como dói gostar de você…

– J.J

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s